quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Interstellar: Entenda o filme (COM SPOILERS)

Imagem da autoria de Tati Figueiredo

Oi gente, o post de hoje é especial para você que assistiu ao filme Interstellar e quer resolver as suas dúvidas. Se você ainda não assistiu ao filme, recomendo ler o meu post Interstellar: Análise Crítica – SEM SPOILERS (é só clicar que vai abrir em outra guia). Não recomendo que leia este post aqui antes de assistir ao filme porque está cheio de spoilers (inclusive sobre o final) e provavelmente você não vai entender muitas coisas.
O texto foi quase que totalmente baseado no post do blog Screen Rant e um pouquinho (beeeeem pouco) no post do blog Pop Watch. Se você sabe ler em inglês, super recomendo esses dois blogs (principalmente o primeiro citado, que é mais completo). Quem não lê em inglês, pode até tentar traduzir os textos, mas a tradução pode não ficar boa. Então, vale a pena ler o meu post!

1. Entenda o começo do filme (relacionando com o final) e os planos A e B
No começo do filme, quando Cooper (Matthew McConaughey) encontra o esconderijo secreto da NASA, os cientistas explicam para ele que se trata de um projeto (secretamente financiado pelo governo americano) para encontrar um novo planeta para os seres humanos, já que a Terra está sendo devastada por pragas e a agricultura está cada vez mais insustentável.
O plano era ir para outra galáxia em busca de outro planeta habitável, o que causou estranheza em Cooper, uma vez que chegar a outra galáxia levaria anos e os seres humanos não podiam esperar tanto. O professor Brand (Michael Caine), porém, revela que uma civilização desconhecida, a que se referem como “They” (em português, significa “eles”), havia criado um “wormhole” (traduzindo, significa “buraco de minhoca”) perto de Saturno, que funciona como um atalhado para outra galáxia, permitindo chegar nesta de maneira bem mais rápida.
Os cientistas também revelam que, anos atrás, a NASA enviou treze astronautas para essa outra galáxia (através do “wormhole”) com a missão de encontrar um planeta habitável para os seres humanos. Cada astronauta foi enviado a um planeta diferente e, ao chegar em seu planeta, deveria ser instalado um sinalizador. A NASA não comunicava diretamente com os astronautas, mas conseguiu rastrear os sinalizadores por quase uma década. Atualmente, porém, apenas três permaneciam ativos.
A missão agora era a de descobrir o que aconteceu com os três astronautas e coletar o máximo de material possível para analisar qual planeta possui melhores condições para a vida humana. O professor Brand explica para Cooper que a NASA tinha dois planos para a sobrevivência da raça humana:
Plano A) Enquanto a Equipe Endurance (a equipe de cientistas viaja para o espaço em uma espaçonave chamada Endurance) estivesse fora, tentando cumprir sua missão, o professor Brand iria continuar trabalhando em um equação complexa. Uma equação que, se resolvida, iria permitir que os seres humanos adquirissem um conhecimento avançado sobre a física dimensional e sobre a gravidade e, assim, a NASA seria capaz de lançar uma enorme estação espacial (“carregando” os seres humanos sobreviventes) no espaço. A própria instalação secreta encontrada por Cooper e Murph no começo do filme não é apenas uma estação de pesquisa da NASA. É um verdadeiro ponto estratégico para a construção da estação espacial.
Plano B) Caso o professor Brand não conseguisse resolver a equação e/ou a Equipe Endurance levasse muito tempo tentando completar a sua missão, a NASA já havia preparado um banco de embriões humanos fertilizados que seriam usados para garantir a sobrevivência da humanidade, caso o Plano A não desse certo. Sendo assim, as gerações futuras não seriam limitadas à reprodução entre os membros da Equipe Endurance. Nesse cenário, a equipe iria se instalar no planeta mais habitável possível e criaria a primeira geração de embriões. E, assim, cada geração posterior iria ajudar a criar um novo conjunto de embriões (além de se reproduzirem naturalmente).
Em um momento posterior do filme, descobrimos que o professor Brand nunca acreditou que o Plano A fosse possível. A verdade é que ele já tinha resolvido a equação há anos antes, mas o resultado não seria capaz de salvar os seres humanos que estavam na Terra. Ele apenas fingiu acreditar que o Plano A fosse possível para conseguir fazer com que líderes mundiais se reunissem e trabalhassem juntos com o objetivo de criar a infraestrutura necessária para que o Plano B desse certo. Brand sabia que as pessoas não iriam cooperar para salvar a humanidade se não incluísse salvar a si mesmas e a seus familiares. 
Depois de descobrir que o Plano A era uma farsa e depois das visitas desastrosas a dois dos planetas, Cooper e Amelia Brand (Anne Hathaway) se comprometem em fazer o Plano B dar certo e planejam a ida ao terceiro (e último) planeta, onde o astronauta Wolf Edmonds (com quem Amelia já teve um relacionamento amoroso) ainda enviava sinais positivos. Para chegar ao planeta, eles se aproveitam de um buraco negro próximo (apelidado de Gargantua) para arremessar o Endurance em direção ao planeta de Edmonds, o que economiza tempo e combustível. Quando chegam perto de Gargantua, Cooper lança TARS (o robô ajudante da equipe) para o centro do buraco negro, na última esperança de que o robô fosse capaz de captar dados que poderiam ajudar a NASA a encontrar uma solução diferente (da encontrada por Brand) para a equação.
Depois de lançar o robô em direção a Gargantua, Cooper sacrifica a si mesmo para diminuir o peso no Endurance e, assim, fazer com que Amelia tivesse maiores chances de chegar ao planeta de Edmonds e iniciar o Plano B. Ao se desligar do Endurance, Cooper se lança no espaço, acreditando ser o seu fim, mas, nesse instante, é “puxado” para dento do The Tesseract – que é uma singularidade gravitacional do “wormhole” onde as leis do espaço e do tempo não têm limites – criado pela civilização desconhecia a que se referem como “They”.

2. Mas, afinal, quem são esses seres (chamados de “They”) que estavam ajudando tanto a humanidade?
Cooper e os outros cientistas da NASA acreditavam que se tratava de uma raça extraterrestre (ou supernatural) evoluída que havia descoberto como manipular dimensões e, por alguma razão, decidiu ajudar a humanidade a escapar da Terra. O professor Brand acreditava que esses seres mandavam mensagens em binário e criaram o “wormhole” para salvar a raça humana da extinção.
Porém, como é revelado no filme, esses seres eram, na verdade, duas entidades separadas (mas relacionadas):
- Seres humanos do futuro que haviam aprendido a manipular o tempo e o espaço;
- Cooper tentando se comunicar com a sua filha de dentro do Tesseract, que, por sua vez, foi construído para ele pelos seres humanos do futuro.
Sendo assim, boa parte dos fenômenos que a NASA acreditava ter sido obra dos seres desconhecidos era, na verdade, atos praticados por Cooper no futuro. Quando ele sacrifica a si próprio, se lançando no espaço, acaba sendo “puxado”, como já dito antes, para dentro do Tesseract.
Sabendo de seu próprio passado – especialmente sobre os acontecimentos que levaram a sua salvação (e fuga da Terra) – os seres humanos criaram o Tesseract em algum momento em um futuro distante, usando seus conhecimentos avançados sobre a física dimensional, manipulando o espaço-tempo para colocar o Tesseract no passado.
Uma vez que Cooper e Murph são lembrados como sendo os salvadores da humanidade, os seres humanos evoluídos – que conseguem observar passado, presente e futuro – criam o Tesseract para Cooper, de forma que ele pudesse se comunicar com a sua filha no passado e transmitir os dados que TARS (o robô) havia coletado de dentro do buraco negro.

3. Entenda a questão do espaço-tempo e da relatividade
A questão do espaço-tempo e da relatividade foi bem exemplificada no primeiro planeta visitado pela Equipe Endurance. No geral, o tempo no nosso lado do “wormhole” passa mais rápido que o tempo no outro lado. E, devido a anomalias gravitacionais provocadas por um buraco negro (Gargantua) próximo, o tempo passa ainda mais devagar (quanto mais perto do buraco negro, mais devagar o tempo passa). Por estar próximo a Gargantua, o tempo no planeta da astronauta Miller passa bem devagar: para cada hora passada no planeta, sete anos se passam na Terra. Sabendo disso, Cooper planeja que a visita ao planeta seja o mais rápido possível, mas, por uma série de acontecimentos, a visita demora mais que o previsto, o que custa décadas de anos na Terra.
Mas por que a Equipe Endurance visitou o planeta de Miller para começo de conversa? É que, por anos, a NASA recebeu sinais positivos vindos de Miller. Porém, como descobrimos depois, o que se acreditava ser anos de sinais positivos, na verdade foram apenas minutos para Miller (que foi morta por uma onda momentos depois de aterrissar). Tudo isso devido ao efeito provocado pela proximidade do buraco negro, que fez com que o tempo no planeta da astronauta passasse bem mais devagar que o tempo na Terra.
Depois de conseguir sair do planeta de Miller e voltar para o Endurance, a equipe reencontra Romilly, que havia ficado na nave para colher dados e fazer pesquisas. Como a espaçonave estava mais distante de Gargantua, o tempo que a equipe permaneceu no planeta de Miller correspondeu a vinte e três anos para Romilly (que esperou sozinho na espaçonave). Na Terra, o tempo também passou mais rápido e, ao receber vídeo-mensagens dos familiares, isso é claramente perceptível: os filhos de Cooper, Tom e Murph, agora são adultos.
Na medida em que a equipe se distancia do buraco negro, a desproporção do espaço-tempo diminui e, ao chegar ao planeta do astronauta Mann, a urgência é bem menor (apesar de terem que enfrentar outro problema: o astronauta, perturbado pela solidão, ficou enviando falsos sinais positivos sobre o planeta para que fossem resgatá-lo).
Outro efeito expressivo da gravidade no espaço-tempo é o que acontece no Tesseract. Dentro desta, a gravidade trespassa para outras dimensões no espaço e no tempo, permitindo que Cooper, empurrando livros da estante de Murph, mandasse uma mensagem (“STAY”, que significa “fique”). Também permite que Cooper comunique, espalhando poeira pelo chão (em binário), as coordenadas da estação espacial da NASA para a versão passada de si mesmo. E, mais importante, permite que Cooper manipule os ponteiros do relógio de Murph, passando, assim, os dados (que TARS havia adquirido dentro do buraco negro) em código morse. Depois, traduzindo os dados codificados, Murph consegue a informação necessária para fazer com que o Plano A desse certo.

4. Como o tempo passa para Cooper dentro do Tesseract e como ele pretende reencontrar Amelia?
Para encontrar a resposta, é só usar a mesma teoria presente ao longo do filme. Tendo em vista que o tempo passa mais devagar perto do buraco negro (devido à distorção gravitacional por ele provocada), Cooper leva apenas segundos para sair do Tesseract (na perspectiva dele), mas leva décadas para a humanidade. Para entender melhor, é só pensar no seguinte: se a relação do tempo no planeta de Miller era de uma hora para cada sete anos na Terra, a proporção seria drasticamente distorcida dentro do Tesseract. Sendo assim, enquanto que, para os seres humanos, levaram-se décadas para que TARS e Cooper fossem encontrados flutuando no espaço, para eles, estavam de fora por meros segundos até serem resgatados.
E uma coisa importante que deve ficar claro é que, quando Cooper sai do Tesseract, ele é enviado de volta para o outro lado do “wormhole”. Nós sabemos disso porque, na passagem, ele se encontra com a versão passada dele mesmo (quando o Endurance estava passando pelo “wormhole”) e dá um aperto de mão em Amelia.
Sendo assim, a desproporção no espaço-tempo e o fato de voltar ao sistema solar permite que Cooper se encontre com Murph. Esta, vivendo no lado do “wormhole” onde o tempo passa mais rápido, está agora com mais de cem anos de idade.
Sabendo que Cooper não tem motivo para permanecer na estação espacial (uma vez que o seu filho Tom está presumidamente morto e Murph em breve se juntará a ele), Murph lembra seu pai que, do outro lado do “wormhole”, Amelia está apenas preparando para iniciar o Plano B no planeta de Edmonds. Na cena de Amelia no planeta, entende-se que, apesar do planeta ser habitável, o astronauta Edmonds não sobreviveu (por algum motivo desconhecido). Sendo assim, Amelia estava sozinha no local da colonização.
Cooper, então, entra em uma nave sabendo que, mesmo tendo passado décadas para os seres humanos na Terra (ou melhor, na estação espacial), o tempo do outro lado do “wormhole” está passando muito mais devagar. Sendo assim, é totalmente possível encontrar Amelia no planeta de Edmonds pouco tempo depois de Cooper ter sacrificado a si próprio e se lançado no espaço. Nós não sabemos se Cooper irá de fato encontrá-la, mas há fortes razões para ser otimista de que os dois vão se encontrar e, juntos, irão preparar a colonização do novo lar da humanidade.

Então é isso gente, espero que tenham gostado! Não perca o meu post sobre o paradoxo do filme: Paradoxo do Tempo em Interstellar - Possíveis Teorias

Bjs, Tati.


239 comentários :

  1. Obrigada Tati, pois eu não tinha entendido o final do filme.

    ResponderExcluir
  2. De nada Pan! Que bom que te ajudou :) Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito boa a resenha. Mas tenho uma dúvida cruel: como pode haver futuro para uma espécie ameaçada? Como eles chegaram ao futuro se a resposta ainda não tinha chegado? Um abraço.

      Excluir
    2. Muito boa a resenha. Mas tenho uma dúvida cruel: como pode haver futuro para uma espécie ameaçada? Como eles chegaram ao futuro se a resposta ainda não tinha chegado? Um abraço.

      Excluir
    3. Talvez aquela civilização( os "They") estavam em uma outra linha de tempo ( uma linha do tempo alternativa) e soubessem como viajar entre elas.
      Pensei a mesma coisa que vc, e essa foi a unica resposta que eu consegui achar.

      Excluir
    4. Meu palpite é que ele encontrou ela (amelia) e depois de encontra-la civilização que eles criaram cresceu e eles se tornaram os "they" e criaram o tesseract

      Excluir
    5. É isso mesmo Alexandre, fiquei dias e meses pensando nisso rsss... a civilização "They" são os seres humanos colonizados no novo planeta, após anos a anos eles desenvolveram o espaço tempo e voltando no passado criaram o tesseract para Cooper mandar dados para a Murphy salvar os seres humanos. Agora a pergunta é: em que momento "Eles" criaram o Buraco Negro? Pois se não fosse o próprio Cooper voltando na estante e enviar os dados binários para ele mesmo ir para o buraco negro?

      Excluir
  3. Adorei suas explicações ! Assisti já a alguns dias .Mas o final e outro detalhes ficaram martelando em minha cabeça. E hoje resolvi dar uma pesquisada. Foi tão legal suas explicações . Que estou pensando em assistir de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigada Sr. Desconhecido rsrs mas eu não mereço todos os créditos. Mto do que eu escrevi foi baseado nos sites que eu indiquei. Depois que eu li as explicações, tbm fiquei morrendo de vtde de ver o filme de novo :) Assim que o filme sair (de graça) na net, vou assistir! Bjssss

      Excluir
  4. Ok, mas porque os seres humanos ficaram tanto tempo na estação Cooper e não atravessaram logo o buraco de minhoca afim de colonizar um dos planetas???????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Rubens, isso não ficou mto claro. Acredito que, quando os humanos da estação encontraram Cooper flutuando no espaço, a Amelia ainda estava começando o plano B (ela tinha acabado de chegar no planeta). Isso devido à relatividade: a Amelia ficou mto tempo perto do buraco negro no começo de sua viagem rumo ao Planeta de Edmonds. Então, o período de tempo que os seres humanos levaram para construir a estação, representou apenas o tempo que Amelia estava viajando para o planeta. Agora, que a Amelia já chegou lá, Cooper vai atrás dela para ajudar a preparar a colonização. Imagino que os humanos da estação devem ir para o planeta de Edmonds assim que estiver tdo "preparado". Acredito que seja isso. E quando paramos para pensar, faz sentido. Bjsss

      Excluir
    2. Acho que os Humanos na estação na verdade esta fazendo o caminho que o Cooper vai passar no passado, porque alguém tem que fazer o buraco de minhoca, e no mais mto obrigado pelas explicações tati

      Excluir
  5. eles resolveram morar na estação? em vez de ira até o planeta da brand? se sim porque ir até saturno? porque nao ficar perto da terra msm ? parabens pela resenha..excelente!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigada Marcelo! Que bom q gostou da resenha! Mas, enfim, eu não acredito que os seres humanos tenham decidido morar na estação. Acredito que estejam morando provisoriamente. Só que eu tinha lido um comentário (não sei se é verdade) de que o Christopher Nolan disse que o "Wormhole" foi destruído junto com o Tesseract. Se isso for verdade, aí fica complicado pros seres humanos da estação irem até o Planeta de Edmond.......Quanto a sua outra pergunta, eu não sei direito responder. Eu nem lembro de falar no filme que a estação fica perto de saturno.....eles falaram q ficava? Vou pesquisar sobre isso.....eu tinha visto um desenho sobre a localização da estação, mas eu acho q o desenho tava errado, ficou meio sem lógica.....se vc quiser dar uma olhada, o desenho fica ao filnal do post no blog screenrant (eu coloquei o link no início da resenha). Bjsss

      Excluir
    2. Eu entendi que a estação era uma arca que estava levando os humanos para a outra galáxia.

      E parabéns.

      Excluir
  6. E aquela Terra "distorcida", o que é aquilo quando ele é resgatado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a estação espacial que eles estão morando (provisoriamente, acredito eu, antes de ir para o planeta de Edmonds). Eu tbm achei mto estranho o "distorcido", mas acredito que, pelo fato dos seres humanos agora dominarem conhecimentos da física dimensional, foram capazes de criar uma estação com várias dimensões. Enfim, acredito que o que se queria passar com a cena é a mensagem de que agora os seres humanos vivem em um espaço com várias dimensões. O difícil é entender qual é a vantagem disso rsrsrs Bjsss

      Excluir
    2. A estação não tem várias dimensões. É apenas um cilindro gigante em rotação. Porque só a rotação consegue recriar os efeitos da gravidade no espaço, onde a gravidade é nula. É como um balde com água preso por um cordel. Se o rodares sem parar, a água permanece dentro do balde.

      Excluir
    3. isso mesmo, da mesma forma que faziam aquelas rotações na nave deles no inicio da exploração.

      Excluir
    4. Nossa! Ler esses comentários é estudar física, muito bom pessoal!

      Excluir
    5. Mas pera. Sou meio leigo em física, então me desculpem se a pergunta for ignorante. Mas se a gravidade é nula, por que então os jogadores de baseball não estão flutuando, mas sim fixados ao solo, sofrendo uma força gravitacional? E quando o jogador de baseball bate na bola e acaba quebrando o vidro de uma casa? Nas duas situações, também há uma força gravitacional sendo exercida. Então, como que a gravidade é nula nessa situação?

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Gustavo, eles não flutuam por que o cilindro exerce uma força gravitacional no ambiente semelhante ao que temos na terra para isso ele precisa ficar girando, assim com essa gravidade ele consegue simular o que temos na Terra hoje em questão de gravidade, por isso que a bola de baseball foi parar na casa e nao voltou, por que ela entrou em outra parte do cilindro quem possui uma gravidade diferente assim na casa foi como se a bola tivesse vindo do lado de cima como se tivesse caído do céu por que daquele lado da casa a sensação é de terreno plano, semelhante ao que ocorre na Terra, podemos estar "meio de lado" no planeta mas a sensação é que o terrenos é plano.

      Excluir
  7. Obrigado pela bela explicação, fortaleceu minhas perspectivas sobre o filme, mas tem uma coisa que não me sai da cabeça, como foi possível a existência desses seres humandos do futuro se a sobrevivência da raça dependia dos atos do cooper no buraco negro?como eles chegaram a um futuro tão distante se ninguém fez oque o cooper fez pra eles?ou esses seres que construíram o tesseract não tem nenhuma ligação genealógica com o povo da terra? Help please...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Evinho! Primeiramente, gostaria de agradecer pelo elogio e fico feliz de saber q a resenha te ajudou a entender o filme. Então vamos lá: pelo que vimos no filme, ficou claro que quem construiu o Tesseract foram de fato os próprios humanos descendentes do povo da Terra. Existe de fato esse paradoxo: como os seres humanos sobreviveram para poder construir o Tesseract para Cooper? De fato, é um paradoxo sem uma explicação certa, mas já ouvi algumas possíveis explicações. A que eu achei mais interessante foi a seguinte: o povo da terra morre, mas os seres humanos originados do Plano B sobrevivem, evoluem e adquirem, em um futuro distante, a capacidade de controlar o tempo-espaço. Isso permite com que eles possam voltar no passado e mudar o rumo da história, fazendo com que os seres humanos sejam salvos. Enfim, foi apenas uma ideia que eu li de um dos leitores do blog do Screen Rant. Achei interessante, mas, que nem eu disse, não existe uma resposta certa. Qdo paramos para pensar, todos os filmes que envolvem essa questão de voltar no tempo apresentam esse paradoxo. É por isso que eu me questiono: seria mesmo possível controlar o tempo? Bjs, Tati.

      Excluir
    2. Muito obrigado, nem sei como agradecer! realmente não tinha observado por essa perspectiva. Agora posso morrer em paz kkk brinks, thank you a lot! bjs...

      Excluir
    3. De nada Ewerton! Dá uma olhada na minha resposta à pergunta da Juliane Silva! Acho q vc vai gostar e vai fazer vc ficar ainda mais em paz rsrs Bjs

      Excluir
    4. É isso mesmo Tati. São os seres humanos provenientes do Plano B.

      Excluir
    5. na verdade o povo da terra não morre, cooper consegue transmitir os dados do TARS através do espaço tempo dentro do Tesseract, ela decifra e salva a humanidade antes de morrerem

      Excluir
    6. não tem como ser os do plano B porque se eles salvam os do plano A eles nunca teriam existido pra enviar a mensagem

      Excluir
  8. O Cooper (do futuro, no hipercubo) mandou as coordenadas pra que ele mesmo encontrasse a NASA, certo?!
    Como ele encontrou a NASA na ~primeira vez~ se ele ainda não tinha ido pro hipercubo? Como isso começou?
    Existe alguma explicação (dentro ou fora do filme)? Obrigada!

    Ah, a propósito, ótimo post! ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju! Valeu pelo elogio! Fico feliz que tenha gostado do post! Mas vamos lá para a sua pergunta. De fato, é complicado de responder. Até agora eu não li nenhum comentário em blogs ou fóruns que desse uma resposta, MAS vou me arriscar a imaginar uma possível resposta: na PRIMEIRA VEZ, o Cooper não recebeu nenhuma coordenada pela areia nem nada do tipo, mas conseguiu encontrar o esconderijo da NASA de outra maneira (talvez ele estivesse só andando por aí e simplesmente "esbarrou no esconderijo" ou os próprios cientistas da NASA, pesquisando pessoas para ajudar, descobrem que ele já foi piloto e vão atrás dele para pedir ajuda......ou por outro meio qualquer). Cooper vai para o espaço com sua equipe e a partir daí acontece tudo como no filme, com a diferença de q não existe o Tesseract (já que é a PRIMEIRA VEZ de tudo). Então, o Cooper e os seres humanos da Terra morrem. A Amélia, porém, consegue ter sucesso com o Plano B: os seres humanos vão evoluindo e, num futuro distante, eles conseguem adquirir o conhecimento para controlar o espaço-tempo (eles podem muito bem ter encontrado o robô TARS, que adquiriu as preciosas informações do buraco negro, "voando" pelo espaço). Controlando o tempo, os seres humanos do futuro voltam ao passado e analisam bem qual seria a melhor forma de salvar as pessoas do mundo e, assistindo às "cenas" do passado, percebem que a Cientista Murph é a mais capacitada para conseguir resolver a equação, além de que, o pai dela era um dos astronautas na missão e os dois podiam trocar informações entre si através de códigos (onde mais encontrar um pai astronauta q se comunica assim com a sua filha cientista?).......e agora só faltava pensar em uma maneira da Murph receber as informações do buraco negro......ah sim! Por q não construir um lugar que possibilite Cooper voltar ao passado? O povo do futuro constrói, então, o Tesseract, o que nos leva à SEGUNDA VEZ. Esta começa que nem a primeira: Cooper não recebe as coordenadas através da areia, mas sim por um outro meio (como os citados anteriormente). Ele vai com a sua equipe para o espaço e, a partir daí acontece tdo igual ao filme, inclusive a parte do Tesseract (porq, como é a segunda vez, ele já existe): Cooper entra no Tesseract e, além de passar os dados do buraco negro para a sua filha, passa as coordenadas do esconderijo da NASA para a versão passada dele mesmo (talvez o Cooper do futuro tivesse passado as coordenadas por acidente ou talvez ele pensou: "Por que não passar as coordenadas para o meu 'eu passado' ? Vai ficar mto mais fácil para ele encontrar o esconderijo, o que economizaria tempo). Aí os seres humanos da Terra são salvos e o Cooper do passado ganha em comodidade, recebendo as coordenadas na sua propria casa e a Murph do passado ganha o seu fantasma. Assim, a partir da TERCEIRA VEZ, tdo fica igual ao filme: o Cooper do passado recebe as coordenadas em casa, encontra o esconderijo, vai pro espaço, entra no Tesseract, passa as informações pra Murph e a humanidade é salva! E assim vai repetindo........enfim, é só uma ideia que eu pensei. Como eu disse, esse tipo de paradoxo está presente em quase todos os filmes que envolvem viagem no tempo e não possui uma resposta certa. Mas isso não significa q não podemos usar da nossa criatividade e tentar achar uma solução para o problema, não é mesmo? Bjssss

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Muuuito obrigada por toda essa explicação... Conversando com o meu namorado, chegamos a mesma conclusão. :)

      Mas, depois disso, ficamos pensando: E quem colocou o buraco de minhoca lá? :/ Considerando que, pro plano B dar certo no planeta de Edmund, o buraco já precisava ter sido posto lá.
      Pensamos que, de alguma forma, o povo da Terra conseguiu sobreviver (talvez na própria Terra ou em outro planeta) e evoluir a ponto de poder colocar o buraco de minhoca lá. Tu pensa a mesma coisa? Ou vê outra explicação?

      Obrigada de novo!

      Excluir
    4. É mesmo Ju, ainda tem isso.....tinha me esquecido do buraco da minhoca.....bem, eu pensei em uma resposta diferente: eu acho q, na PRIMEIRA VEZ, como não existe buraco da minhoca, Cooper e sua equipe vão até outra galáxia do jeito tradicional mesmo: viajando todo o caminho, o que levou décadas (vc pode questionar: mas Cooper abandonaria a sua família assim? Bem, ele, com relutância, concordou em ir, mas só porq o pai da Amelia tinha prometido q iria resolver a equação e salvar a todos). Quando a equipe consegue chegar na outra galáxia, o povo da Terra provavelmente já está morto. Nessa outra galáxia, o desafio é muito maior do q é no filme: como não existia o buraco da minhoca, os cientistas não tinham sido levados anos antes para analisar as condições dos planetas........então, Cooper e sua Equipe vão na raça mesmo: indo de planeta em planeta até achar algum planeta habitável. Não necessariamente precisa ser o planeta de Edmond. Nem precisa ser na mesma galáxia do planeta de Edmond. Bastava apenas encontrar um planeta habitável ou encontrar os dados do buraco negro, o q possibilitaria resolver a equação e lançar estações espaciais no espaço. Enfim, qualquer planeta ou lugar razoavelmente habitável onde pudessem instaurar o plano B e, assim, os seres humanos iriam evoluir e, caso estivessem em uma estação espacial ou em um planeta não tão bom assim, iriam buscar um planeta melhor, mesmo q tivessem q ir para outra galáxia.....até acharem o planeta de Edmond (q, na verdade, não se chama "planeta de Edmond" na primeira vez né rsrs) e aí depois esses seres humanos adquirem o conhecimento de controlar o espaço-tempo, voltam ao passado, criam o Tesseract e o buraco de minhoca.......e aí entramos na SEGUNDA VEZ......e assim vai..... mas vc ainda pode questionar: se levaria décadas para Cooper e sua equipe chegarem até outra galáxia, não seria provável q eles morressem antes de chegar ao destino? Bem, como eu já disse, não necessariamente eles foram para a galaxia do planeta de Edmond. Talvez eles tivessem encontrado uma mais perto ou tivessem lançado uma estação espacial no meio do caminho (depois de descobrirem os dados do buraco negro), o q talvez não levasse tantos anos assim. Mas, caso não fosse possível encontrar um lugar em pouco tempo, uma opção seria iniciar o plano B na espaçonave mesmo, criando duas ou três crianças q, no futuro, assumiriam o comando da nave caso os outros integrantes tivessem morrido ou já tivessem bem velhinhos. Ou talvez nem precisasse iniciar o Plano B, apenas bastava q a Amelia e o Copper (ou o Edmond, já q ele estaria vivo e talvez participasse da missão) fizessem bebês do jeito tradicional mesmo rsrsrs Outra opção tbm seria congelar alguns dos integrantes da equipe, de forma q eles não iram envelhecer. E outra coisa: como a viajem ia ser mais desafiadora, já q a equipe teria q visitar planeta por planeta, é óbvio q a equipe seria maior, teriam mais espaçonaves, mais combustível, mais suplementos..........E aí? Que tal? Mais alguma coisa q eu deixei passar? Muito legal essa discussão! Bjão

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Obrigaaada por tanta atenção. Valeu mesmo! ^^'
      Eu tava vendo essa outra explicação aqui, oh:
      http://curtaemeia.pt/interstellar-faq/ (questões 12 e 13).

      Bju!

      Excluir
    7. Li as explicações Ju. Não goste mto da explicação 12. De fato, eu acredito q a mensagem q o filme quis passar é a de q o tempo não é unidimensional, não caminha apenas para frente. Ou seja, o futuro não necessariamente depende do presente e do passado. Eles podem acontecer de maneira simultânea. Acho q foi isso o q eu filme quis passar pra gente, mas a verdade é q, qdo eu paro para pensar, não consigo acreditar q isso aconteça na vida real. Enquanto não surgir provas concretas de q isso seja possível, não vou acreditar. É por isso q eu gostei mais da explicação da questão 13, já q ela se aproxima mais da resposta q eu tinha te dado: existiram mais de uma linha temporal, sendo q em cada uma a humanidade teve uma história diferente. Eu acredito q essa explicação seja a mais coerente pra mim e eu até consigo pensar q isso possa acontecer na vida real......MAS, como eu já disse, posso mudar de ideia no futuro. Enfim, valeu mesmo pela discussão bacana. Vc me fez pensar em coisas q eu não tinha pensado antes. Qlq outra coisa interessante q vc tiver pra me perguntar, fique à vontade. Sou eu quem agradeço pela discussão super intrigante! Bjsssss

      Excluir
    8. Também prefiro mil vezes a explicação que tu tinha dado (a que parece com a 13). o/*\o
      Bju, até a próxima.

      Excluir
    9. Vc disse q na primeira vez eles viajaram da forma tradicional, não seria complicado pq seria uma viajem de milhares de anos e não vi que eles teriam suprimentos e combustível.

      Ótimo post.

      Excluir
    10. Para a sua pergunta, a melhor resposta seria o Paradoxo de Bootstrap, em que as informações podem existir sem terem sido criadas, isso considerando a viagem no tempo.
      Uma dica: pesquise sobre. Você vai gostar!

      Excluir
    11. Acho que o passado sempre está ligado com o futuro e com o presente e vice-versa³ É que nem o nome da filha dele: Murphy, "tudo que é para acontecer vai acontecer", para mim, viagem no tempo é como uma cobra que morde a própria calda infinitamente, não tem bem um começo (com essa tal primeira vez), nem um fim (como uma ulima vez) simplesmente aconteceu.

      Excluir
  9. Parabéns pelo Maravilhoso Blog!!!

    Só consegui assistir o filme esse fim de semana e como todos nós aqui fiquei lendo milh`oes de teorias sobre o assunto!!!
    Concordo com TUDO que vc escreveu Tati e além disso , várias questões me foram desmiuçadas!!! rsrsrs
    Apenas uma que penso e diferente e outra tenho um dúvida:
    1- Acho que existe uma explicação mais simples para cooper ter chegado a NASA. Para mim ele simplesmente enviou a msg para ele mesmo via Tesseract...apenas não foi mostrado no filme!!! Estou falando besteira :P
    2- Até agora achava que o local onde Cooper e Tars haviam entrado era o Buraco Negro e não o Tesseract !!! Até agora pensava e não havia lido nada a respeito sobre essa singularidade gravitacional do WormHole! Achei que era de Gargantua!!!

    Mais uma vez parabéns pelo blog! Melhor lugar que achei agora para continuar viajando no filme!!!

    obs: Imagino que todos aqui também amaram o filme "Contato" e o ator que faz o Cooper ser o mesmo foi uma cereja do bolo né?

    Abraços !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom q gostou Bruna! Fico mto feliz! De fato, ficou meio confuso no filme.....fica parecendo q ele tinha caído no buraco negro.....mas acho q só o TARS é q foi para o buraco negro pegar os dados......e não dá pra saber direito onde fica o Tesseract, mas como o Cooper foi puxado para o outro lado do Wormhole logo q o Tesseract foi destruído, então deve ser porque ficava perto do buraco da minhoca ou dentro mesmo. Enfim, pelo filme fica confuso de saber mesmo. Amei mto esse filme e as discussões, fiquei triste em saber q nem foi indicado ao oscar para melhor filme :( dane-se oscar né rsrsrs Bjsss

      Excluir
  10. Temos de esclarecer dois pontos:

    1)- Tesserato (http://pt.wikipedia.org/wiki/Tesserato): É a ideia de um super-cubo em 4 dimensões. Claro que não podemos aprecia-lo em nosso mundo de 3 dimensões em sua totalidade, só uma visão dele. Do mesmo modo como podemos desenhar uma visão de um cubo (que é naturalmente 3 dimensões) numa folha de papel, que só dá para desenhar em 2 dimensões.

    2)- Buraco Negro Rotativo (Buraco Negro de Kerr) (http://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A9trica_de_Kerr): Nesse buraco negro existe uma região anterior ao horizonte de eventos (do qual nada sai) chamado de Ergoesfera. Na Ergoesfera é que estava o Tesserato, não no Buraco de Minhoca! Outra coisa que tem de se dizer da Ergoesfera é que ela pode expulsar algo de dentro dela, ou nem tudo que entra no buraco negro cai no horizonte de eventos, algumas coisas são lançadas longe.

    Compreendendo esses dois pontos da física, podemos entender o que aconteceu:

    Ao cair no Buraco Negro (de Kerr) o Cooper ficou na Ergoesfera do mesmo, ainda encontrou uma estrutura que só poderia existir nas esquisitices de um buraco negro, mesmo que fosse na Ergoesfera, encontrou o Tesserato. O Tesserato era uma sala (cubo) que tinha a 4 dimensão (tempo), além de uma ligação gravitacional com o planeta terra. Isso fazia o Cooper ser capaz, na breve estada que esteve no início do Buraco Negro, influenciar, gravitacionalmente, o quarto da filha dele em qualquer época do tempo. Depois de completado a missão o Tesserato se desmanchou. Não foi o buraco de minhoca e nem o buraco negro, apenas o Tesserato que existia na Ergoesfera, do buraco negro, que desmanchou. Depois disso a Ergoesfera lançou o Cooper longe, como faz com muita coisa que cai no buraco negro. Assim o Cooper foi lançado pelo buraco de minhoca direto no sistema solar, encontrando a estação espacial que ia em rumo ao buraco de minhoca para chegar no planeta escolhido.

    Mas uma vez: O buraco de minhoca não foi destruído!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, amei a resposta! Valeu mesmo! Eu realmente não tinha entendido onde estava o Tesseract! Onde vc achou isso? Não encontrei nenhum blog que explicasse direito. É um alívio saber que o buraco da minhoca não foi destruído rsrsrs Bjão

      Excluir
    2. Muito boa sua materia postada Tati ! Agora sobre qualquer comentário ligado a discordancia de eventos futuros que influenciam o passado é na verdade um dos vários paradoxos da física quântica as viagem no tempo por exemplo tem o paradoxo da morte do avô: vc viaja no tempo ,pro passado e mata teu avô e aí, vc morre ? Então vc não mata seu avô e volta a viver porque ñ viajou... Viagem no tempo é isso :paradoxo

      Excluir
  11. Que resenha em garota!!!... Fiquei literalmente admirado. Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gilvan, mas não mereço todos os créditos. Muitas coisas eu tirei dos sites q li e indiquei! Bjssss

      Excluir
  12. Todas as duvidas que tive depois que assisti o filme foram esclarecidas pelo seu texto, mas ainda não entendi a parte que ele mando o STAY, sendo que se ele ficasse não haveria salvação do plano A, ele teria mandado a mensagem na segunda vez da tentativa?
    Como surgiram tantas tentativas se ele morre na primeira? Seria o Tars programado pra isso já que o cientista já havia resolvido a formula?
    Acho que aquele objeto que aparece voando no começo do filme na fazenda dele, tenha alguma ligação levando ele para o precipício mas segundos antes ele consegue controlar a aeronave. Pode ser para passar que o filme fala sobre o controle do ser humano no próprio tempo ou espaço. não sei .
    O filme passa a impressão ou desejo que devemos assistir varias vezes para compreender melhor alguns detalhes, mas essa parte dele já conhecer o cientista de outra situação e tudo ter uma relação dele sentir que deva ir não me convenceu ou eu não peguei a essência. Ainda estou morrendo de curiosidade de saber como ele conseguiu transmitir isso para a filha fazendo com que ele chegasse na NASA, sendo que no filme aparece apenas uma vez, a vez do sucesso obtido no plano A, não entendo também o fato dos seres humanos estarem na estacão COOPER sem saber se Amelia teria sobrevivido e encontrado o pais, se Edmond ja havia morrido na tentativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gisáh, eu ando meio "enferrujada" para falar desse filme porque já faz tempo que escrevi meus posts e ainda não assisti ao filme de novo para prestar mais atenção aos detalhes. Enfim, vou tentar te responder: acredito que o "stay" que ele mandou foi apenas no desespero, porq tudo o q ele queria naquela hora era estar com a família e não perdido no espaço. Foi algo puramente emocional e não racional, então, acho que a gente não tem que ficar se preocupando com o porq dele ter falado isso. E de q segunda vez vc ta falando? É sobre a minha teoria q fiz no outro post? Se não for, leia o post: http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com.br/2015/01/paradoxo-do-tempo-em-interstellar.html).

      Agora, falando da minha teoria, sim, Cooper mandou a msg apenas na segunda vez, porq na primeira não existia Tesseract nem nada disso, então, o povo da Terra provavelmente morreu. Só q como tbm não existia wormhole, a história foi drasticamente diferente e Cooper sequer estaria naquela situação de ser jogado no espaço como mostra no filme.

      Quanto às suas críticas sobre o filme, concordo com vc. Não dá para saber como foram as outras "tentativas", mas acho q os produtores do filme não pensaram nessa teoria das "tentativas", mas apenas naquele blablabla chato de "o tempo não é unidimensional.....". E sim, é frustrante não saber o que foi da Amelia e também não entendi bem o porq de Edmond ter morrido. O final foi mto mal explicado. Ta certo que é legal não ter tdo explicadinho para podermos usar da nossa criatividade, mas tdo tem um limite né.....tem coisa que só fui entender depois de ler em blogs americanos, porq no filme tava mto mal explicado. Bjs

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns Pelo Conhecimento, e pela Resenha, ficou Showww...!!!

    Só uma Pergunta!!!

    Para que serveriam os dados de um Buraco Negro,,,!!!

    O que eles trariam? qual finalidade???! ... O que se resolveria com eles? ( pela sua perspectiva é claro. )

    E outra Coisa,você não acha que, o Filme Todo é o Resumo de um Looping causado pelos " ELES " em contato com os humanos, que por si só tendo como protagonista Cooper nos ultimos instantes dentro de um buraco Negro resultou no tal... Paradóxo, dando assim vida ao Filme ??? ^^, ...

    Seria muito mais fácil para resumir o filme... kkkkkk

    Bjuhs... mais um vez... Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm custei a entender a finalidade dos dados. Parece q eles tinham dado uma explicação no inicio do filme, mas não peguei. Só fui entender depois, lendo outros blogs. Os dados serviam para q Murph resolvesse uma equação q permitira q os seres humanos dominassem a física dimensional e lançassem estações espaciais para salvar o povo da Terra. E, sim, o filme dá esse efeito de q tudo já estava pré-estabelecido, o q eu adoro e me rendeu ótimas teorias. Depois dá uma lida na resenha sobre possíveis teorias para o paradoxo (link ao final do post). Bjssss

      Excluir
  15. Nossa eu não tinha entendido o final

    obrigado

    ResponderExcluir
  16. Ótima resenha, mas explica muito bem várias partes do filme, mas apenas tenho uma grande dúvida... O Cooper entra no cubo e manda mensagens para a filha, mas como ele poderia saber que o ultimo planeta era habitável?? Pois já os dois primeiros não deram certo, eles mandou a formula para o plano A mas como ele poderia ter certeza que o planeta do Edmund (terceiro) podia ser habitável já que ele não chegou a analisar o mesmo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando ele manda as informações do buraco negro para a filha, é apenas para ela poder resolver a equação q permitia criar colonias espaciais e salvar os seres humanos. Acredito q ele não tenha passado informações a respeito do novo planeta. E Cooper não sabia q era habitável, foi na esperança mesmo, já que era a última opção restante. Ele passou a acreditar na "força do amor" rsrs

      Excluir
  17. oi!!! Outra duvida, se na terra o tempo passa mais devagar como as mensagens por vídeo chegavam quase que instatataneas??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na cena q eles se comunicaram com Murph na Terra, a equipe estava mais distante do buraco negro, q era o grande causador da diferença de tempo. Ou seja, a diferença com relação ao pessoal da Terra não era mais tão grande, mas existia e, de fato, as mensagens deveriam chegar com atraso sim. Acredito q não mostraram com atraso no filme porq ficaria um tanto q cansativo para o público. Imagina se demorasse um tempão entre uma mensagem e outra? Não ia dar certo rsrsrs Enfim, acredito q seja isso. Não tenho certeza. Bjsss

      Excluir
    2. Tem uma parte* no filme q passa a ideia q as mensagens eram gravadas e enviadas depois, o q se entende que não eram vistas em tempo real.
      *Na hora q cientista, pai da Amélia, entrega um drivers para o sogro de Cooper com uma mensagem e diz pra ele tbm gravar uma, q a NASA enviará.

      Excluir
  18. Excelente análise, me ajudou muito a entender o filme.
    Só fiquei com uma coceirinha na nuca com relação à última cena, que mostra a Amelia vislumbrando acampamentos com as bandeiras dos EUA e tal. O que isso significaria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Guilherme, tbm não entendi direito. Essa ultima cena foi mto rápida e mal explicada. Talvez já tivesse alguns acampamentos do Edmond por lá e depois a Amelia construiu os dela (por algum motivo, eles precisavam de mais de um acampamento). Colocar a bandeira é coisa q astronauta americano sempre fez mesmo rsrs o Edmond provavelmente tinha colocado algumas, a Amelia provavelmente colocou outras depois q chegou...... enfim, é uma teoria. Tbm não sei direito. Bjsssss

      Excluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. O tempo passa mais devagar na terra ou seja: levam anos pra serem enviadas as mensagens da terra mas para os astronautas parece apenas minutos pela percepção de tempo. Inclusive por esse motivo é que o povo da terra só conseguia enviar mas não conseguia receber as mensagens (só as dos primeiros envios, que foram enviadas há uma década (na terra), mas minutos atrás para quem estava do outro lado do warmhole.
    Logo que ele percebe que não morreu e que está no Tesserato ele não entende nada e acha que está preso, por isso envia o "STAY". Mas ele do passado, que ainda n sabe de nada, não obedece. Logo o TARS chega e explica tudo pra ele do futuro, que começa a enviar as instruções para sua filha.
    Aí surge a dúvida: "ok, mas antes ele já havia mandado as coordenadas da NASA, pq falou STAY depois?". Simples: no Tesserato ele tem acesso a todos os momentos(tempo: quarta dimensão) e envia as coordenadas antes.
    Agora vem a minha interpretação que é diferente de tudo que eu li e que pra mim satisfaz a dúvida sobre a tal da "primeira vez" que não deu certo:
    O final do filme seria o começo do plano B sendo botado em prática: a Amélia chegando sozinha no local para procurar o Edmund e repopular a terra, já que seu pai não conseguiu desvendar como enviar todo mundo para lá. O Cooper não existia nessa história ainda. O que evidencia isso pra mim é a mensagem que a Murphy manda, falando que a Amélia sabia de tudo. Mas a que sabia de tudo é a do fim do filme, não a "Versão" que vai executar o Plano A.
    Provavelmente o Edmund não sobreviveu,pode ter sido qualquer fator, não acho que importe (pode ter caído e batido a cabeça hahaha) mas o acampamento mostra que ele realmente chegou lá e o "amor" estava guiando a Amélia corretamente na nova versão, como ela insinua uma hora.
    Antes da terra acabar, a Murphy (lembra que uma hora o Cooper entende tudo e fala "eles não estavam me procurando, estavam te procurando"?) virou uma cientista genial e provavelmente entrou na história por ser discípula do pai da Amélia, o cara que começou toda a teoria, por um resgate feito pela população resultante do plano B do futuro. Nessa brincadeira eles perceberam que para salvar a Terra eles poderiam usar as habilidades do Cooper e da Murphy para mudar o passado e o futuro ensinando para eles como proceder.
    Com a Terra salva, Cooper, que já não tem mais o que fazer lá, resolve ir para a outra galáxia (sugestão da filha), onde o tempo ainda não passou para ajudar a Amélia a repovoar e começar o plano B, que ela poderia muito bem ter feito sozinha.
    Aí a pergunta que sobra é: "Então pq o povo do futuro não mandou as instruções pro pai da Amélia para evitar esse drama todo?"
    Primeiro pq não teria a história do filme =P
    Segundo pq fica evidente que só o amor e a conexão da Murphy e do Cooper é que faria com que dois seres em dimensões e tempos diferentes conseguiriam confiar a ponto de estabelecer uma comunicação tão forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do seu ponto de vista, Bruz. De fato o povo do futuro poderia ter dado os dados de uma vez para o pai de Amelia mas, pensando bem, se tivessem feito isso, o pessoal da Terra iria viver pra sempre nas estações espaciais, iria se acomodar e nunca iriam procurar por outro planeta habitável. Essa é a minha teoria da preguiça rsrsrs Bjsss

      Excluir
    2. Poderiam ter mandando as coordenadas de qual dos três planetas era o habitável... aí não ia ter filme! rsrs!

      Excluir
    3. Até teria um pouco de filme né Lu, mas ia ser bem mais rápido rsrs e ia ter aquele problema q vc comentou: não ia dar para levar todo mundo, porq eles não iam ter os dados do buraco negro para criar as estações espaciais. Bjss

      Excluir
  21. Putz, 4:50 da manhã e depois de mais de uma hora lendo, tirei aqui (quase) todas minhas dúvidas. Obrigado a vc e aos colegas. Algumas perguntas:
    Como Murphy sabia de Amélia? (Estava nas coordenadas de Coop?).
    E se Coop resolvesse nao se jogar no buraco negro? (N teria história do filme ne?)
    Até agora também n entendi muito o que aconteceu na dimensão de Mann, pq a nave explodido? Afinal, o que ele queria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qdo vc fala de saber da Amélia, vc quer dizer como a Murphy sabia que ela estava no planeta de Edmond, né? Bem, acredito que a Amelia deve ter transmitido sinais (lembra q Edmond transmitia sinais positivos de seu planeta? pois é, o aparelho certamente devia estar lá e Amélia deve ter usado para enviar sinais positivos que foram captados pelos seres humanos da colonia espacial). Acho q foi isso. Não acredito que estivesse nas coordenadas de Coop. Quanto a sua outra pergunta, eu fiz uma outra resenha falando de possíveis teorias para explicar o paradoxo do tempo e lá eu falo em VEZES, nas primeiras vezes o Cooper não vai parar no Tesseract porq não existia ainda. Claro, se ele nunca tivesse optado por se jogar no tesseract, em nenhuma das vezes, aí sim não teria como salvar o pessoal da terra rsrs mas lê lá meu post sobre as teorias, o link ta ao final do texto (deste post sobre entender o filme). Quanto a sua última pergunta, não vou saber responder. Na hora eu tinha até entendido mais ou menos, mas agora não vou lembrar mesmo rsrsrs quero mto assistir a esse filme de novo, mas to sem tempo :( Bjssss

      Excluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Excelente post, parabéns tbm aos comentários q ajudam a enriquecer mais ainda sua resenha. Perfect.
    Quando terminei de assistir o filme entendi a história, mas deixo muitas duvidas q acabei tirando aqui no seu blog, a maioria nas suas respostas aos comentários. Fico imaginando q deve ter ocorrido coisa semelhante com aqueles q assistiram 2001-Uma Odisséia no Espaço em 1968, q a propósito até hoje gera comentarios. Penso q Interestelar vai entrar pra esse hall de filmes intrigantes como o de Stanley Kubrick.
    Bom, adorei o filme, mais ainda seu blog ter ajudado a entender melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Neto! Tbm fiquei cheia de dúvidas qdo terminei de assistir e só consegui tirá-las lendo outros blogs. Tenho vontade de assistir Uma Odisséia no Espaço, ainda não vi. Deve ser mto bom mesmo. E sim, Interstellar deveria entrar para esse hall, mas infelizmente me parece que não vai ser tão marcante assim. Bjs!

      Excluir
    2. Oi Tati, bom dia, em minha pesquisas sobre o filem encontrei esta imagem explicando a viagem de Coop no filme. Mas, vc já deve ter visto tbm. Achei incrível..... http://img.ibxk.com.br/2014/11/18/18164211472526.jpg?w=1040

      Excluir
    3. Eu vi sim Neto, tava no post do blog q eu indiquei, mas sei não hein acho q esse desenho tá meio errado, o "gargantua" deveria estar perto do planeta de Miller, afinal, era por causa da aproximação do buraco negro q fazia o tempo lá passar mais devagar. Só q no desenho tá perto do planeta de Edmond, o q não tem sentido nenhum, já q o tempo nesse planeta não passa tão rápido justamente por estar mais distante de Gargantua. E outra, a estação cooper fica mais distante do Worm Hole do q a Terra, o q é estranho, já q se presume q o Cooper, ao sair do Tesseract e voltar do Worm Hole, fica "boiando" lá perto, onde é encontrado. Ou seja, a Estação deveria ficar mais próximo do Worm Hole. Ah, mto confuso. No blog q eu vi essa imagem as pessoas tbm estavam comentando q o desenho deveria estar errado. Bjs

      Excluir
  24. Tati, tô tentando imaginar aqui... se o Connor tivesse seguido a Amelia na hora de decidir qual dos planetas ir... aquela idéia do amor e tal... teria sido muito melhor! Teria encontrado o planeta habitável, poderia ter voltado e reencontrado a filha mais nova (e não gagá)... mas seria que havia como levar a população toda da terra sem ter decifrado o lance das dimensões? Beijos! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lu, não teria como levar todo mundo. Apenas algumas pessoas. Afinal, não tinha como construir espaçonaves (com capacidade para atravessar o buraco da minhoca e chegar num planeta q fica super longe, registre-se) para todos. Bjs

      Excluir
  25. Apenas um adendo. No fim do filme me parece claro que Cooper volta com Amélia para os anéis de Saturno, dentro do buraco de minhoca. Parece-me ser o momento em que o técnico passa pelo maquinário e ele acende. É a aeronave espacial de Cooper preparando o retorno.

    E tendo em vista aquilo que já conhecemos, que pelo espaço tempo ser enormemente deformado pelo buraco negro próximo ao planeta em que Amélia estava, provavelmente ela teria passado pouco tempo lá, o que torna possível seu "resgate". Que na verdade nem seria resgate, uma vez que esse planeta seria o destino de toda a humanidade naquele momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém percebeu que no começo do filme é o final?! que diminuem a velocidade de Cooper e ele é forçado a ejetar?

      Excluir
  26. Olá, Parabéns pelo seu blog e pelo excelente post que me ajudou a entender melhor o filme. Mas ainda assim uma coisa ainda martela na minha cabeça. Seria esses seres humanos evoluídos as pessoas geradas pelos embriões que foram levados até edmunds por amelia e que descobriram uma forma de voltar no tempo para salvar cooper e aquelas pessoas que morreram no planeta terra? oque vc acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser isso isso sim Gilliard, no meu post sobre a Teoria das Vezes (deixei o link deste post ao final da resenha com spoilers) eu falo exatamente isso. Pode ser q nas primeiras "vezes" os seres humanos da Terra morreram e apenas os do Plano B sobreviveram e voltaram ao passado para q os demais fossem salvos! Depois da uma lidinha lá no post e nos comentarios, acho q vc vai gostar! Bjs!

      Excluir
  27. Nossa, parabéns pelo texto, ficou bem claro e compreensível. Eu vim só pra tentar entender essa questão da passagem de tempo dos planetas, pois tinha me perdido um pouco na história mas acabei lendo tudo. Ótimo texto !

    ResponderExcluir
  28. Adorei a maneira clara e atenciosa que tem ,se puder aparece por la também ,https://www.facebook.com/groups/cineplay/

    ResponderExcluir
  29. Fiquei contente com seus esclarecimentos; eles, em composição com algumas ideias minhas, permitiram-me entender melhor o filme. Mas, infelizmente, estou tentando encontrar um melhor encaixe para a existência no futuro da nossa raça evoluída.

    ResponderExcluir
  30. Fiquei contente com seus esclarecimentos; eles, em composição com algumas ideias minhas, permitiram-me entender melhor o filme. Mas, infelizmente, estou tentando encontrar um melhor encaixe para a existência no futuro da nossa raça evoluída.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha resposta foi apenas uma opinião. Essa questão do paradoxo de tempo sempre me deixou doida da vida. O filme quer q a gente engula aquela historia de q o tempo não é unidimensional e blablabla, mas não engulo isso não rsrs é por isso q bolei essa "teoria". Claro q não tô falando q é assim q acontece, mas é interesse começarmos a ter discussões mais profundas sobre essa questão do paradoxo e não só nos conformarmos com o que o filme "quer" q acreditemos. Então, vamos sim buscar explicações melhores sobre isso! Se vc achar uma, poste aqui porq eu tbm to doida para saber de uma melhor rsrs Bjs!

      Excluir
  31. Tati, parabéns pelo post fenomenal e pelos demais comentários. Discussão super sadia sobre esse filme maravilhoso. Pena que não foi indicado a Oscar de melhor filme. Um dos melhores que já vi, senão o. Aliás o Nolan faz filmes mto bons. Viena origem, amnésia, enfim

    ResponderExcluir
  32. não entendi como uma produção cara dessas deixa uma mega onda daquela parecer tão mal feita. Quem entende de dinamica de ondas sabe que uma onda gigante daquela já teria quebrado ao longe, com aguas tão rasas como as daquele planeta. As ondas vem em um turbilhão e quando encontram bancadas rasas, a força debaixo , do fundo do mar, pressiona a onda pra cima, ate ela quebrar. Mega ondas como aquelas naquela agua rasa deveriam quebrar desde longe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, eu acho que a cena das ondas os produtores optaram em não fazer como a física funciona aqui no nosso planeta já que lá é um planeta fictício, sendo assim, podemos bolar teorias que a onda estava naquele estado por causa do buraco negro que ficava logo do lado do planeto

      Excluir
  33. Outra coisa, se a humanidade no futuro estava evoluida é porque sobreviveu, e se sobreviveu pra que enviar ajuda ao passado, afim de evitar extinção? Se a humanidade tivesse acabado no passado, então nem existiria no futuro, muito menos enviaria ajuda ao passado. Se por acaso a vida no futuro estivesse ameaçada por um evento iniciado no passado, aí sim teria sentido enviar algum tipo de ajuda. Mas do jeito que fizeram não faz sentido na minha humilde cabeça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de ler o post e a maioria dos comentários anteriores acho que o que explicaria isso seria o caso de existirem varias vertentes de uma possibilidade. Os humanos evoluídos aprenderam a viajar nestas vertentes para salvar aquela realidade da humanidade. Conseguiu me entender?

      Excluir
    2. Esta seria uma das teorias. Outra seria de que passado, presente e futuro nao andam em linha reta e sim coexistem. Por favor, me corrijam se eu estiver falando bobagem :P

      Excluir
    3. É exatamente o que a Amanda falou, Rio Adventures. O filme "quer" q a gente acredite nessa conversa de q o tempo não é unidimensional, mas eu particularmente não engulo isso não. É por isso q sou mais devota da teoria q fala q existiram mais de uma vertente e, em cada uma, a humanidade teve um destino diferente. Enfim, como eu disse no comentario acima, não podemos nos prender ao q o filme fala q é. Temos q discutir mais a fundo essa questão e vir com teorias cada vez mais interessantes e bem elaboradas! Bjão a vcs dois

      Excluir
  34. Olá Tati.
    Adorei ter encontrado seu blog para esclarecer questões sobre o filme Interestellar. Foi o melhor e mais completo que vi pela internet.
    Esclarecidas as questões científicas, quero expor uma dúvida da qual não encontrei resposta em lugar algum: Se o Dr. o professor Brand nunca acreditou que o Plano A fosse possível, apostando suas fichas no Plano B por que ele enviou uma e SÓ UMA mulher na missão. Ela teria que engravidar frequentemente e por muitos anos para tentar que o Plano B desse resultado. Se ela tivesse complicações no parto, perdesse o útero, entrasse em menopausa precoce ou mesmo morresse o plano poderia ir por água a baixo. Não é estranho???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar de metida mais uma vez, hehe. Entao, Dumdum, eles tem tudo preparado. Levam com eles maquinas que serviriam de barriga de aluguel (que gerariam os humanos).

      Excluir
    2. Sim Dumdum, é isso mesmo o q a Amanda falou (valeu por responder as coisas Amanda, tava sem tempo de ficar respondendo e ainda bem q tinha alguem como vc para fazer isso rsrs). Eles levaram equipamentos para q os embriões se desenvolvessem. Não podemos nos esquecer de q eles são pessoas q estão em um momento futuro ao nosso, então, eles estão bem mais avançados em certas coisas. Bjinhos aos dois!

      Excluir
  35. Olá Tati, gostei muito do seu blog, eu tinha algumas duvidas mas a maioria foi bem esclarecida graças a você!! Mas tem uma que eu ainda guardo.O plano B do cientista feito pelo Michael Caine consistia em levar um monte de embriões para o planeta escolhido para recomeçar a raça humana, Mas, quem é que seria a mãe desses embriões?Será que perguntaram se ela queria? Ou será que tinham outra tecnologia para fazer brotar seres humanos do chão? rs é isso desde ja muito obrigado, um grande abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia meu comentário anterior, Felipe Roberto :)

      Excluir
    2. O comentario anterior da Amanda (e o meu, reforçando o q ela tinha dito) esclarecem sua dúvida. Eles levaram equipamentos para q os embriões se desenvolvessem. Talvez para nós pareça ser mto difícil fazer equipamentos desse tipo, mas não podemos esquecer q eles são pessoas em um momento futuro ao nosso e, portanto, estão mais desenvolvidos tecnologicamente. Bjs

      Excluir
  36. Nao seria possivel a moprh ser lembrada pelos "they". Ate entao, para os humanos do futuro, apenas o plano B teria dado certo, sem nenhuna participacao da murph. Onde os herois seriam o cooper e a amelia. Talvez por agradecimento ao cooper ou algum motivo que ainda nao nos foi mostrado os they teriam manipulado o passado para que o plano A tambem desse certo. Ai sim, a muprh teve seu papel importante. A princípio os they enviavam sinais apenas trancando a rota do plabo B e provavelmente foi o que aconteceu. Ja no futuro enviaram o cooper para o tesseract para que o plano a desse certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia murph* e traçando*
      Eu escrevi um primeiro texto menos coloquial, mas esqueci de logar e to com preguiça de repeti-lo pelo celular :(
      E aliás, sao 01:24 e nao 21:34. Deve sera gravidade do acre 0.0

      Excluir
    2. Por isso que penso que eles conseguem "enxergar" e manipular o tempo (passado).

      Excluir
    3. Sim, Guilherme Costa. Nao entendi o porque da hora estar errada hahahahha

      Excluir
    4. Depois dá uma olhadinha no meu post sobre a teoria do paradoxo, o link ta no final da resenha. Acho q vai ser interessante para vc encontrar uma resposta para as suas dúvidas Guilherme.

      Excluir
    5. É mesmo, a hora tá errada. Nunca tinha parado para ver isso haha. Depois vou dar uma olhada nas configurações e ver se tem jeito de arrumar isso. Valeu pelo toque galera :)

      Excluir
  37. Olha, fui dar uma olhada nos "paradoxos" e me espantei. Vocês levam mesmo a coisa a sério.Eu tinha algumas dúvidas, agora tenho todas hehehe. Esse filme é sofrencia pura. A menos que alguém me explique como alguem no ano 3069 consegue colocar um buraco negro no ano 2069 eu fico apenas com o lado emotivo do filme. Com essa tecnologia seria melhor voltar em 2015 e combater a causa da peste nos alimentos e evitar o colapso mundial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Pois é Guilherme, o paradoxo do tempo sempre me deixou doida da vida. Na teoria das vezes, q eu falo no meu outro post (link ao final da resenha), eu consigo criar uma explicação mais ou menos aceitável para isso tudo. Pode ser q estejamos vivendo apenas uma vertente da história. Pode ser q, em outra vertente, existam pessoas do futuro q tenham condições de ajudar as do passado, como, por exemplo, para resolver a questão da peste nos alimentos, como vc bem citou. Depois dá uma lidinha no meu post. Acho q vc vai gostar. Bjão

      Excluir
    3. Oi guilherme, a resposta é que esse é apenas umas das maneiras para os seres do futuro, para eles o não tem passado, presente e futuro, eles escolhem em que momento intervir! Pode ter sido esse o melhor desfecho, talvez tenham feito isso apenas para mudar o final de cooper!

      Excluir
  38. Legal.
    Mas uma pergunta; como ou porque o Romilly morreu? Deu a entender pra mim que o TARS o enganou e o matou... Foi isso? Qual era o objetivo da morte dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ficar te devendo essa Tiago. Tenho q rever o filme, porq não lembro quase nada dessa cena rsrsrs mas quem tiver a resposta, por favor, poste aqui. Quero q todos se sintam à vontade para compartilhar o q sabem! Bjs!

      Excluir
  39. pq o cooper caiu no gargantua e depois apareceu no buraco de minhoca perto de saturno ???
    pq ele se encontrou com sua tripulação no passado enquanto atravessava o buraco ???
    pq ele podia ver a nave mas os passageiros tinham uma visão distorcida dele ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kako, confesso q essa parte "científica" do filme não é nem um pouco meu forte rsrs mas teve um comentário acima q gostei mto e q me esclareceu algumas dessas dúvidas, se vc ainda não leu, recomendo q leia:

      "Temos de esclarecer dois pontos:

      1)- Tesserato (http://pt.wikipedia.org/wiki/Tesserato): É a ideia de um super-cubo em 4 dimensões. Claro que não podemos aprecia-lo em nosso mundo de 3 dimensões em sua totalidade, só uma visão dele. Do mesmo modo como podemos desenhar uma visão de um cubo (que é naturalmente 3 dimensões) numa folha de papel, que só dá para desenhar em 2 dimensões.

      2)- Buraco Negro Rotativo (Buraco Negro de Kerr) (http://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A9trica_de_Kerr): Nesse buraco negro existe uma região anterior ao horizonte de eventos (do qual nada sai) chamado de Ergoesfera. Na Ergoesfera é que estava o Tesserato, não no Buraco de Minhoca! Outra coisa que tem de se dizer da Ergoesfera é que ela pode expulsar algo de dentro dela, ou nem tudo que entra no buraco negro cai no horizonte de eventos, algumas coisas são lançadas longe.

      Compreendendo esses dois pontos da física, podemos entender o que aconteceu:

      Ao cair no Buraco Negro (de Kerr) o Cooper ficou na Ergoesfera do mesmo, ainda encontrou uma estrutura que só poderia existir nas esquisitices de um buraco negro, mesmo que fosse na Ergoesfera, encontrou o Tesserato. O Tesserato era uma sala (cubo) que tinha a 4 dimensão (tempo), além de uma ligação gravitacional com o planeta terra. Isso fazia o Cooper ser capaz, na breve estada que esteve no início do Buraco Negro, influenciar, gravitacionalmente, o quarto da filha dele em qualquer época do tempo. Depois de completado a missão o Tesserato se desmanchou. Não foi o buraco de minhoca e nem o buraco negro, apenas o Tesserato que existia na Ergoesfera, do buraco negro, que desmanchou. Depois disso a Ergoesfera lançou o Cooper longe, como faz com muita coisa que cai no buraco negro. Assim o Cooper foi lançado pelo buraco de minhoca direto no sistema solar, encontrando a estação espacial que ia em rumo ao buraco de minhoca para chegar no planeta escolhido.

      Mas uma vez: O buraco de minhoca não foi destruído!"

      Excluir
  40. Execelente explicaçoes hem, eu tenho minha teria de de que cada evento que aconteceiu no fiilme, tipo quando cooper caiu no gargantua ali ja seria um universo diferente com situaçoes paralelas..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acredito q seja exatamente isso. Bjinhos

      Excluir
  41. A única coisa que não entendi é qndo eles estão no planeta da Miller, onde uma hora lá se passam 7 anos na terra, daí o Cooper pergunta ao TARS qnto tempo se passou e o TARS diz que passaram 45 minutos à 1 hora, isso seriam 7 anos na terra, só que eles percebem que se passaram 23 anos, isso não entendi. Parabéns pelo o Blog, bjos !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, o q eu entendi dessa parte é que 1hora (7anos) não era somente dentro do planeta da Miller, mas incluía desde o espaço orbital do planeta, ou seja, onde a nave principal se encontrava. Partindo disso entendo que a viagem completa (ida-permanecia no planeta-volta) levou os 23anos ou 3h17min. 45min à 1hora foi só dentro do planeta.

      Excluir
    2. Concordo com o Neto, Koryshim. Acho q a viagem toda é q levou o tempo correspondente a cerca de vinte anos na Terra. Bjinhos.

      Excluir
    3. funciona assim: No planeta de miller a cada 1 hora se passam 7 anos na Terra, tudo por conta de Gargantua, o proximidade com o buraco negro dilata o tempo, e por que na nave se passam 23 anos ? simples, pois a nave também está perto de Gargantua, mas em outra posição, talvez fazendo com que o tempo também passe diferente do da Terra

      Excluir
  42. Essa teoria das VEZES está errada. Tentarei explicar após ver esse filme 10.000 vezes. Vou pular o começo do filme porque ninguém tem duvidas que a Terra está morrendo e a unica forma é procurar outro Lugar. Bom Já indo direto a parte que Cooper e Amelia são atingidos pela onda no planeta de Muller e Tem que ficar esperando 45 minutos, então Cooper pensa em Distorcer o espaço-tempo para recuperar alguns anos no passado e Amelia Diz:""O tempo é relativo ele pode ser esticado ser espremido, mas não pode andar para trás, A unica coisa que pode se mover entre as dimensões como o tempo é a GRAVIDADE e apenas os seres do Futuro (eles mesmos) podem fazer isso". ou sejá eles sabem o que fazer, mas não sabem como fazer... Já na parte que Cooper se solta da Nave de Amelia impulsionando-a para o planeta de Edmonds, e indo Anos luz a frente do tempo da terra pelo fato de terem passado muito proximos ao Gargantua, sendo assim Amelia irá prosseguindo com o Plano B, e criando uma civilização que após anos ou dedacas evoluem através das dimensões, até então Cooper não teve contato nenhum com seu proprio passado e é aí que tudo se encaixa, Quando Cooper é sugado por gargantua o tempo se estica e ele vai pro futuro, vai diretamente para o tesseract construido pela Civilização de Amelia no planeta de Edmonds, Essa civilização na qual construiu o Tesseract para enviar um mensagem atráves do Espaço-tempo e se comunicar com o passado e escolhem a Murphe para isso, como dito pelo Cooper o Tesseract "é o quarto da garotinha, eles tem acesso ao tempo e ao espaço infinito mas não estão ligados por nada não conseguem encontrar um local especifico no tempo e não conseguem se comunicar, e para isso levam o Cooper até la, Porque o amor dele pela sua filha é quantificado e ele saberá o que fazer para passar a mensagem para sua filha(Dados do buraco negro) para resolver o problema da gravidade e Salvar o povo da Terra. E ao sair do tesseract ele já no futuro ele encontra sua filha morrendo pois para ele o tempo passou mais devagar pelo fato dele ter passado muito Proximo do do buraco negro(Gargantua) antés de se soltar da Nave. Então Ele vai Ao encontro de Amelia no Planeta de Edmonds ela irá estar lá pelo fato de tambem ter ido anos luz no tempo e é aí que tudo se encaixa novamente... ... ...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca falei q a teoria das vezes está certa. Na verdade, não existe certou ou errado, mas apenas discussões sobre o tema e cada um tem a sua opinião. Eu sei q o filme "quer" q a gente acredite nesse papo de q o tempo não é unidimensional e blablabla, mas eu particularmente não engulo isso. É por isso q eu falei dessa teoria das vezes como uma forma de levantar uma discussão q fosse além do q o filme "quisesse" q a gente se conformasse. Claro q cada um pode vir com sua própria teoria e debater, é isso o mais legar da discussão. Então, não há certo ou errado.

      Excluir
    2. Sua teoria é bem interessante e com certeza se encaixa mto bem no q o filme mostra. Só q eu particularmente não concordo com essa coisa de tempo unidimensional, é por isso q minha explicação da teoria das vezes fugiu do q o filme "queria" q a gente acreditasse. E eu tbm não concordo com algumas outras coisas q estão no filme. Esse negocio do "amor quantificado do Cooper", por exemplo, foi mto mal explicado no filme e não acho q seja uma explicação boa para justificar o porq do Cooper ser o "escolhido". No meu post sobre a teoria das vezes eu dou uma explicação q considero ser bem menos "fantasiosa" para justificar o porq do Cooper e da Murph terem sido os "escolhidos". Não to falando q é a certa. Claro q não. Apenas fico mais satisfeita com ela. E eu queria saber sua opinião: qdo Cooper vai ser encontrar com Amélia no planeta de Edmonds, vc acha q passou qto tempo para ela? Bjinhos

      Excluir
    3. Só para deixar claro, o post a q eu me refiro (o da teoria das vezes), é esse aqui ó: http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com.br/2015/01/paradoxo-do-tempo-em-interstellar.html

      Ta mais bem explicado do q o q eu falei nos comentarios :)

      Excluir
    4. Só para deixar claro, o post a q eu me refiro (o da teoria das vezes), é esse aqui ó: http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com.br/2015/01/paradoxo-do-tempo-em-interstellar.html

      Ta mais bem explicado do q o q eu falei nos comentarios :)

      Excluir
    5. "qdo Cooper vai ser encontrar com Amélia no planeta de Edmonds, vc acha q passou qto tempo para ela?"
      Tati, vc tocou num assunto do filme que eu tbm fiquei curioso. Não tem lógica a civilização ter sido salva, criando a Estação Cop com a ajuda das civilização do futuro (planeta de Edmonds) se quando o Cooper decide ir atras da Amélia, ela aparece sozinha num mundo inóspito. Eu entendi q o diretor quis mostrar como foi o inicio da Amélia lá, mas ficou uma coisa sem sentido, mostrando uma parte bem avançado e outra no início. Poderia ter mostrado algumas pessoas a mais, já que o filme não mostra se Edmonds morreu logo que chegou ou se ele desenvolveu a tecnologia (quiçá junto com Amélia) antes de morrer.

      Excluir
    6. Pois é Neto, o final foi mto mal explicado. Li alguns comentarios dizendo q, na verdade, não passou mto tempo para a Amélia. Como ela ficou mto tempo perto do buraco negro, a diferença de tempo com o Cooper foi pequena. Então, qdo Cooper se encontrar com ela, ela provavelmente ainda vai estar no início da colonização do planeta. E, juntos, eles vão começar a povoá-lo. O Edmonds provavelmente morreu (ouvi comentários e posts nesse sentido, mas não sabemos o porq dele ter morrido, já q o planeta era habitável), mas o filme tbm nao deixou isso claro. E outra coisa q eu tbm não entendi: o pessoal das estações espaciais não ia para o Planeta de Edmonds não? Por q ninguem la estava preocupado em encontrar uma maneira de ir para o planeta? Isso tbm ficou mto mal explicado no filme.

      Pois é, esse negócio do tempo não ser unidimensional é difícil de engolir, não da para acreditar q a civilização do planeta de Edmonds é q fez aquilo tdo. É por isso q falei da teoria das vezes hehe. Bjs

      Excluir
    7. Aliás, não dá para acreditar q a civilização do planeta de Edmonds fez aquilo tudo EM UMA ÚNICA VEZ ***

      Excluir
  43. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  44. Mais 2 questões!
    1ª- Tem a certeza que Cooper não é engolido pelo Gargantua?
    2ª- O pessoal do sítio onde está murph não devia seguir com Cooper para povoar esse novo planeta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jose, olha, certeza eu não tenho de nada rsrs principalmente na parte mais "cientifica" do filme. Não sei direito o q aconteceu com ele, se ele entrou no buraco negro, se ficou só na "órbita", não sei nem onde ficava "localizado" o Tesseract no gargantua. Não sei se vc viu, mas uma menina deu uma explicação bem interessante sobre isso, depois dá uma olhada nos comentarios acima.

      Pois é, o pessoal da estação deveria ter ido com o Cooper sim, não entendi qual é a deles.......será que eles preferem viver eternamente na estação? rsrs enfim, realmente não sei te dizer, isso é mais uma das "pontas soltas" do final mal explicado do filme

      Bjinhos

      Excluir
  45. Uma curiosidade que percebi hoje, quando assisti o filme de novo. No inicio do filme, um dos cientistas comenta que eles detectaram nos últimos anos mais de 50 anomalias gravitacionais na terra. Ao meu ver, Cooper não foi o único personagem a interagir com o Tesseract. Logo, possivelmente várias outras pessoas, do futuro, tiveram participações para a salvação da humanidade, por exemplo, interação que resultaram na reabertura da NASA e etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Nailton, é uma possibilidade bem interessante. Vou rever esse filme e prestar atenção nessas partes. Bjs e valeu pela dica!

      Excluir
  46. Pela explicação!!! Mas poderia me responder uma coisa, porque que aquele cara que estava dormindo naquela base, um tal de mark marx, seu eu não me engano, por que ele tentou matar cooper naquelas montanhas? e porque eles vão dormi dentro daquela coisa, um plastico em que parece ter água?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não me engano, eles dormem nesse plastico para não "ver" os anos passarem. Aí eles ficam, sei la, 20, 30, 40 anos "dormindo" como se não fosse nada demais rsrs agora não sei dizer se eles envelhecem qdo estão nessa coisa. Não lembro se falaram isso.

      O carinha lá tentou matar os outros porq provavelmente ficou com medo do q iriam fazer qdo descobrissem q ele ficou enviando sinais falsos sobre o planeta. Ainda tenho q rever esse filme, então, se eu estiver errada, alguem me corrija por favor! Bjinhos

      Excluir
    2. O nome é hiper-sono, na teoria pelo que foi entendido no filme, é uma longa hibernação, mas somente para o tempo terrestre, como por exemplo: no planeta do dr mann quando ele acorda, por conta da dilatação temporal de Gargantua ele tivesse ido "dormir" a somente alguns minutos ou horas, mas se passam muitos anos na Terra, e para quem está em hiper-sono aparenta ser algo quase como instantâneo entre dormir e acordar por conta do tempo, espero ter ajudado ;)

      Excluir
  47. Você foi top em transcrever o que leu em sites americanos sobre o filme.

    ResponderExcluir
  48. Mais um fato importante, àquela situação na terra sobre as tempestades de areia, são verídicas.

    Sim, são verídicas, aconteceu por volta dos anos 30 ou 40 se não me engano, se não acreditam, basta pesquisar no Google, mas são verdadeiras, aconteceu mesmo e foi nos EUA, teve a ver com desmatamento sem controle para o plantio, com o aval fo governo e mais tenho para mim que os depoimentos no início do filme são das pessoas que passaram por isso na época.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serio?! Nossa, dessa eu não sabia, q doido né. Para falar a verdade Fer, não duvido mto q daqui a algum tempo a Terra esteja em condições parecidas com as mostradas no filme :(

      Excluir
  49. Muito interessante esse filme,prende a pessoa e essa analise é boa mas eu queria muito saber porque as pessoas na terra não plantam outras coisas? não usam estufas? e caraca como o Copper aguentou tanto tempo perto da Anne Hathaway ou Amelia Brand sem tirar uma casquinha,fala sério essa mulher é muito gata...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso foi uma crítica que já li em outros lugares: por q eles não tentaram "consertar" a Terra ao inves de procurar outro planeta? Bem, minha teoria é de q uma viagem interestelar seria um tema mais interessante para o filme rsrs mas acho que no filme eles falam q apenas alguns alimentos conseguiam "sobreviver" às condições da Terra. E cada vez menos tipos de alimentos conseguiam isso....


      Tbm achei q fosse mostrar os dois tendo alguma coisa, mas ele vai encontrar ela no planeta de Edmond, então.....ficou meio q implícito, né?! Nem vai precisar dos embriões congelados para começar a povoar o planeta rsrs

      Bjinhos

      Excluir
  50. Segue link da Dust Bowl, evento climático que ocorreu nos anos 30 e durou 10 anos nos EUA, esse evento ocorreu pelo desmatamento frenético, promovido pelo governo americano na época para aumentar a produção agrícola.

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Dust_Bowl

    Leiam, é muito interessante, o filme usou esse exemplo real, e posso garantir, isso se repetirá novamente.

    ResponderExcluir
  51. Ah sim, existe um documentário muito bom sobre o Dust Bowl, ví no The History Channel, foi através desse do documentário que fiquei sabendo evento apocalíptico que até então era desconhecido para mim, há inclusive o depoimento de pessoas nos dias de hoje claro, que estavam lá, quando crianças no meio desse revés no clima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, q doido hein Fernando! Pois é, do jeito q as coisas estão indo, é bem provável que vai acontecer de novo.......e provavelmente vão vir coisas piores :(

      Enfim, valeu mesmo por compartilhar isso com a gente. Realmente é uma curiosidade bem interessante e, mais que isso, é um alerta sobre o que poderá acontecer com o planeta se as coisas continuarem como estão.....

      Bjinhos

      Excluir
  52. Obrigado a vc´s todos, me salvaram,pois passar três horas assistindo este ótimo filme ,e ao terminá-lo de assisti-lo ,permanecer tão perdido quanto cachorro em mudança, não iria me perdoar .THANKS !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Leo, eu fiquei desse jeito, não consegui sossegar até achar um blog q me explicasse razoavelmente bem o q aconteceu. Ainda bem q eu sei um pouco de inglês, porq não iria encontrar nada q resolvesse só lendo blogs brasileiros rsrs Bjs

      Excluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  54. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  55. Eu fiquei com dúvida em uma coisa: quando ele acorda nesse novo lugar, onde é afinal? É na terra? Em Saturno? A estação cooper fica na terra? E olha, muito boa sua resenha foi um alívio ler e entender :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio Elaine, q bom q gostou da resenha, fico mto feliz :) Ele acorda na estação cooper, que eu acredito q fica perto da Terra. Tem um desenho q mostra a localização da estação no espaço, mas eu acho q tá meio errado aquilo lá......depois tenta procurar no google e veja o q vc acha! Eu não entendi direito o porq da estação cooper ser toda "distorcida" e estranha, acho q foi só um jeito dos produtores do filme nos mostrar q os seres humanos estava ficando expert nesse negocio todo de dominar as dimensões.......foi a unica explicação q eu encontrei rsrs Bjinhos

      Excluir
    2. A estação Cooper orbita Saturno, como é possivel ver na cena em que Coper volta e está "apagado" atrás pode ser visto Saturno, e umas luzes, que ao que tudo indica são da estação espacial. E por que ficar longe da Terra ? Imagino que eles estejam orbitando Saturno por conta do buraco de minhoca que esta ali perto assim cheguei a conclusão de que eles ainda usam o portal como forma de locomoção entre a Via Láctea e a outra galáxia

      Excluir
  56. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  57. Bom, eu não li os comentários aqui, são muitos e são enormes( assim como o meu rs), então a resposta pode já estar neles, se for o caso por favor postem aqui... A explicação foi ótima, eu já li bastante sobre essas coisas e entendi o filme, assisti duas vezes pra tirar duvidas... Mas o que me intriga é: como ele foi parar no buraco negro e mandar as mensagens pra si próprio e sua filha, visto que se não fosse por isso, ele nunca teria chegado até a NASA e feito a viajem que o mandou pro buraco negro.
    Como no filme Donnie Darko acontece uma reação antes da ação, alias é oque também me faz quebrar a cabeça nesse filme, ele cria um universo paralelo instável, que irá se destruir após alguns dias e destruir o universo primário se ele mesmo não morrer e essa linha do tempo criada por ele deixar de existir. Só que o instrumento que cai no seu quarto no começo do filme e faz criar essa nova realidade onde ele sobreviveu, é o mesmo que ele usa pra fazer a viagem no tempo e não alterar nada, causando sua morte, mas salvando as outras pessoas. Ou seja: houve uma reação antes da ação. É essa minha duvida, qual a explicação?
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já teve gente me perguntando isso sim Ewerton e foi a partir dessa dúvida q eu elaborei uma teoria e fiz até post sobre isso: http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com.br/2015/01/paradoxo-do-tempo-em-interstellar.html

      Lembrando q é apenas uma ideia para tentar solucionar esse paradoxo e levantar discussões bacanas, de forma alguma eu elaborei essa teoria para ser a certa. Depois dá uma lidinha e comenta o q achou por lá!

      Achei mto massa ver esse seu comentario agora, acabei de fazer um post sobre esse paradoxo na teoria da pixar, depois dá uma olhadinha, acho q vc vai gostar: http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com.br/2015/08/teoria-da-pixar-solucionando-o-paradoxo.html

      Bjs!

      Excluir
  58. Ótimo post. Mas porque então ele disse para ele mesmo FICA, pois se ficasse não teria nada disso acontecido ?

    Obrigado e parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, Maicon, eu acredito q foi apenas um ato de desespero, ele estava perdido no espaço e, ao ver a filha e pensar q perdeu uma vida inteira com ela, certamente quis nunca ter saído de perto dela, por isso gritou "fica" por impulso. Bom, foi isso o q eu pensei na hora e acredito q qlq ser humano no lugar dele tbm surtaria em uma situação daquelas rsrs mas é só uma opinião minha mesmo, não li em nenhum lugar não. Bjinhos

      Excluir
    2. Ok, cheguei a esse consenso também, Obrigado pela resposta e adorei a sua iniciativa em tirar algumas duvidas do filme. Beijo !!

      Excluir
  59. Tati, boa noite

    Believe me! Só assisti o filme hoje rsrs Enfim, todas as dúvidas que fiquei você sanou no seu post. E concordo com sua resposta em alguns comentários. A estação Cooper era apenas provisória, para salvar a humanidade. A Murph já havia descoberto que o planeta em que a Amélia estava era o mais seguro para substituir a terra, tanto que é ela quem narra os momentos finais do filme. Fica claro que pelas inúmeras anomalias temporais, se é que posso chamar assim, todo tempo que se levou para construir a estação espacial resultou nos minutos que a Amélia levou para chegar ao novo planeta. E o Cooper agora poderia dar continuidade ao Plano B salvando todos. Acredito que todas as pessoas que estão na estação irão para o novo planeta.
    É um filme incrível, fantástico! Belíssimas atuações da Anne Hathaway e Mathew. Um filme inteligente que nos faz pensar e querer entender. Fico pensando que um diretor para chegar a construir um filme desse não é um ser normal, é diferenciado. rs
    Parabéns pelo seu post. Sou escritora também e gostei bastante.

    Abraços,
    Bruna Costa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, uma escritora elogiando o meu post, to sem palavras! Obrigada mesmo pelo carinho Bruna, fico mto feliz q tenha gostado. Eu tirei mta coisa de outros blogs porq tive dificuldade de entender o filme, algumas coisas ficaram meio confusas. Não dá para saber ao certo qto tempo levou para a Amelia chegar lá. E eu achei estranho a Murph mandar o pai dela ir atrás da Amelia sozinho. Por mim, a estação toda deveria ir junto com o Cooper para o novo planeta. E eu li certa vez um cara falando q o diretor disse q o buraco da minhoca tinha sido destruido depois q o Cooper voltou para a nossa galaxia......bem, acredito q ele deve ter entendido mal né, não é possivel........pois é Bruna, tbm achei esse filme mto top, e o pior é q ele não foi devidamente valorizado, só ganhou um oscar e nem concorreu para melhor filme. Fico triste porq isso desestimula os diretores a fazer mais filmes desse tipo :( Bjinhos e, mais uma vez, obrigada mesmo pelo carinho

      Excluir
  60. olá, eu sei que o seu post é do ano passado, mas como eu estava perto de gargantua so assisti o filme a poucos dias rsrsrs...fiquei com uma duvida, como poderia existir seres humanos do futuro com domínio sobre a gravidade a ponto de criar o wormhole, sendo que a mesma seria extinta sem o domínio dessa força natural?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael, não sei se entendi sua dúvida direito. Vc quer saber do paradoxo do tempo existente no fato de que o Wormhole responsavel (entre outras coisas) por salvar os humanos não poderia ter existido se não fossem pelos proprios humanos terem o construído no futuro? Bom, se for isso, tenho um post (e também falei sobre isso nos comentarios por aqui) com uma teoria para solucionar esse e outros paradoxos do tempo presentes no filme, depois dá uma lidinha:

      http://milcoisasquevocedeveriasaber.blogspot.com.br/2015/01/paradoxo-do-tempo-em-interstellar.html

      Bjinhos

      Excluir
  61. pq cooper colocou a nave para '' girar '' ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, vou ficar te devendo essa pergunta. Não lembro direito dessa parte, lembro vagamente q ele fez uma manobra doida lá pra chegar perto do gargantua mais rapido, porq assim o buraco negro "empurraria" eles para longe, poupando tempo para chegar no planeta de Edmonds. Enfim, tenho q rever depois. Se alguem souber responder, fique à vontade. Bjinhos

      Excluir
    2. ele fez a nave girar pq estação que ficava em orbita começou a girar por causa da explosão, então ele fez a nave girar na mesma velocidade pra poder acoplar!

      Excluir
    3. ele fez a nave girar pq estação que ficava em orbita começou a girar por causa da explosão, então ele fez a nave girar na mesma velocidade pra poder acoplar!

      Excluir
  62. pq cooper colocou a nave para '' girar '' ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu respondi no comentário acima, não lembro dessa parte direito. Lembro vagamente q o Cooper fez uma manobra lá para chegar perto do buraco negro, q iria "empurrar" eles em direção ao planeta de Edmonds, poupando tempo. Mas nem sei se é isso q vcs querem saber rsrs se alguem souber responder, por favor deixe aqui nos comentarios Bjinhos

      Excluir
    2. para pegar impulso para a Amelia ir para Edmonds.

      Excluir
  63. Muito bom sua explicação, eu que não sei nada de inglês não dar para me aventurar na explicação "gringa" que é muito melhor. Podia traduzir mais assim e colocar seu ponto de vista também.

    E em relação ao filme, o que gostei mais foi disso, enquanto se passava décadas na Terra ele dentro do Tesseract passava apenas alguns segundos e com isso ele conseguiu levar a mensagem para sua filha durante décadas a qualquer momento que ele quisesse e assim ela ficou sendo a pessoa mais importante da humanidade! Nolan é espetacular!

    Claro que há umas coisas soltas aqui ou ali, como Cooper ia até Edmonds encontrar Amelia pelo buraco de minhoca sendo que provavelmente foi destruído junto com o Tesseract (ou não)? por exemplo. Mas nada que estrague o brilho do filme.

    P.S. > O negão merecia uma sorte maior :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, um pena vc poder aproveitar mais os sites em inglês. To pensando em fazer videos sobre esse filme, assim vou poder colocar mais minha opinião e compilar as duvidas das pessoas de uma vez só. Mas vai dar trabalho.......pois é, ouvi dizer q o Buraco de minhoca foi destruído junto com o Tesseract, mas há quem diga q não........depois vou pesquisar melhor para falar no vídeo. Realmente, o final ficou bem mal contado. Uma coisa é o final ser aberto para gerar discussões bacanas, outra é ser mal contado e gerar confusoes :( Bjinhos e mto obrigada pelo carinho

      Excluir
  64. Você pode me explicar como q a gravidade é tratada no filme? não entendi muito bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOA PERGUNTA KIM MINSEOK,BOA PERGUNTA.

      Excluir
    2. Pois é Kim, essa parte mais "física" do filme não é o meu forte rsrs Eu assisti ao filme de novo há umas semanas atrás e ainda não consegui entender direito. Eu não sou da area de exatas então tbm é super dificil pra mim entender como é q a gravidade se relaciona com o tempo. Quem souber explicar, fique a vtde por favor. Mas, de qlq maneira, vou dar uma pesquisada pra fazer um video explicando sobre esse filme. Bjinhos

      Excluir
  65. CONFESSO,QUE ASSISTIR O FILME,E PERDI ALGUMAS NOITES,TENTANDO DECIFRAR UMAS CENAS.MAS,AGORA FICOU CLARO!A EXPLICAÇÃO DE VOCÊS.NÃO FUGIU MUITO DA MINHA, IMAGINACÃO.SOU 'FASCINADO'POR ESTES TIPOS DE FILMES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm saí do cine mega encucada com esse filme, só acalmei depois q consegui uma explicação mais ou menos satisfatória. Esse negocio de paradoxo do tempo tbm me deixa doida da vida. Já fiz inclusive posts sobre o paradoxo do tempo desse filme e da teoria da pixar. Deu mto trabalho, mas amei fazer hihihi Bjinhos

      Excluir
  66. Muito legal a materia Tati, gostei e entendi bastante detalhes, mas uma coisa que eu não entendi é o b.minhoca perto de saturno vamos la. O b.minhoca perto de saturno meio tipo uma bolha transparente que conseguíamos ver o outro lado como varíos focos de luz, stars e outras galaxias certo, eles entraram nesse b.minhoca e vemos inúmeros tuneis do espaço tempo dentro do b.minhoca, até eles saírem do outro lado até ai eu entendi, ai depois eles citam o b.negro gargantua esse gargantua é o mesmo b.de minhoca que eles entraram perto de saturno? ou é outro distinto? Enfim não entendi isso, pois buraco negro não conseguimos ver oque existe do lado de dentro como vemos no b.minhoca perto de saturno. Outra coisa os planetas visitados não são falado em quais galaxias ficam.sua localização.
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O buraco da minhoca é um "corta caminho" q os seres humanos do futuro deixaram para o povo do passado. Não é um buraco negro. O Gargantua sim é um buraco negro, não sei dizer a localização dele. Só sei q ele ficava mais perto do planeta da Miller, tanto é q o tempo lá passava mto mais devagar qdo comparado ao da Terra. Qto a sua outra pergunta, os planetas visitados ficam tdos nessa outra galáxia para onde eles vão. Não sei direito como é a localização deles, mas dá para imaginar mais ou menos. Tem até um quadro ilustrativo na net, mas acho q ele tá errado. Depois dá uma olhadinha e leia os comentarios do pessoal para entender o porq de estar errado. Bjinhos

      Excluir
  67. Só não encaixa pra mim quem construiu o tesseract, pois no momento que o cooper cai lá, não há nada resolvido, ou seja, o futuro ainda não está formulado, eu pensando nisso não consigo ver alguém do plano "A" ter construido aquilo, mas sim alguém do plano "B" que na verdade é só a moça, mas ela n tinha tecnologia pra isso e nem era autosuficiente pra começar uma descedência lá...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, esse é o X da questão. É um paradoxo do tempo. Não existe uma explicação certa para resolver esse problema, há apenas teorias. Fiz um post sobre isso. Deixei o link ao final deste post. Depois dá uma olhadinha. Bjinhos

      Excluir
    2. É por ser um paradoxo que viagens temporais só são possíveis no cinema, essa é minha opinião. O paradoxo que encontramos em todos os problemas relacionados a viagens temporais pode ser verificado no "Paradoxo dos Gêmeos" postulado por Einstein em sua teoria da relatividade geral. Você foi brilhante em suas colocações sobre o filme Tati Figueiredo.

      Excluir
  68. Nao saquei a parte do aperto de mao.Por que ao sair do tesseract ele iria para o passado? considerando que o tempo é mais devagar no buraco negro, ocerto nao era ele ir para o 'futuro' ?
    porque naquele momento do aperto de mao a murph era novinha...n tinha os100 anos ainda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa parte dele saindo do Tesseract é bem confusa mesmo. Vou tentar pesquisar melhor e explicar isso (e outras dúvidas) em um vídeo. Se alguem quiser sugerir alguma resposta, fique a vontade por favor. Bjinhos

      Excluir
  69. Ótima resenha... Um dos melhores filmes que eu ja assisti, nos faz ir além da nossa imaginação, do quão complexo é a nossa existencia... Nos faz questionar a respeito dos nossos limites, até que ponto nós podemos ir ? Nunca vamos parar de evoluir ? Em fim vale muito a pena assistir esse filme varias vezes... O Nolan deve ser do futuro kkk o cara é muito bom no que faz, aprecio muito os fimes dele.

    ResponderExcluir
  70. "Murph. Esta, vivendo no lado do “wormhole” onde o tempo passa mais rápido
    "como pode isso ? se quando estamos perto de um buraco negro a gravidade é muito grande o certo não era o tempo passar mais devagar ja que a gravidade é intensa

    ResponderExcluir
  71. Nossa, parabéns Tati, entendi muita coisa... Só que vc poderia me dizer como os seres humanos criaram o Tesseract em algum momento em um futuro distante, usando seus conhecimentos avançados sobre a física dimensional, manipulando o espaço-tempo para colocar o Tesseract no passado? Se os que sabiam que o 3 planeta era habitável estavam na nave... Não consegui entender a ultima parte, como Cooper criou esse tempo dimensional para se comunicar com a sua filha na terra? Que seres humanos foram esses que conseguiram criar o Tesseract ?

    ResponderExcluir
  72. Muito boa as explicações Tati, a melhor que achei até agora, especialmente por causa dos comentários e da atenção que você tem em responde-los. A respeito da morte de Edmond, gostaria de acrescentar que deve ter morrido naturalmente, visto que Amelia passou perto de Gargantua, neste momento que durou alguns minutos, deve ter durado anos para Edmond, assim como para Murphy. Então quando ela chega ao planeta, ele já esta morto, pois ja se passaram mais de 100 anos que ele havia chegado lá, sendo este planeta o mais distante de todos da gargantua. Bem, é isso, até a próxima, pois tenho outras teorias que depois vou postando aqui...

    ResponderExcluir
  73. Legal Sua Explicação ficou bem Claro para Mim eo Filme Terá Continuação apartir do final ?

    ResponderExcluir
  74. Na verdade eu acredito que "They" nada mas sao que os seres humanos se desenvolveram do outro lado do buraco de minhoca. Afinal eles tinham todo um ambiente onde, com o passar do tempo, eles pudessem manipular a gravidade. Alem disso, eles saberiam toda a historia dos humanos que ficaram na terra e tal...

    ResponderExcluir
  75. Quanto aos seres-humanos que possibilitaram a viagem no tempo pelo buraco de minhoca, eu entendi que seriam da terra, porém de outra dimensão. Há uma teoria na ciência de que pode haver universos paralelos ao nosso, com cópias exatas de nós mesmos, porém, com situações bem adversas às nossas.No caso, estes, diferente de nós, poderiam ser mais avançados nos conhecimentos da física, portanto seriam conscientes de fato da existência de nossa outra dimensão de tal forma que acompanhariam o nosso drama. rsrsrs. Não sei se viajei de mais.kkk

    ResponderExcluir
  76. Consegui entender o filme, finalmente. Obrigado.

    ResponderExcluir
  77. Alguém conseguiu ler o que estava escrito naquele monumento que estava na estação espacial? um monumento como se fosse uma lápide ou placa.

    ResponderExcluir
  78. Não ficou muito claro pra mim a parte do Tesseract, o Cooper não entrou com o TARS tbm no buraco negro, então como ele foi para o Tesseract q fica perto do buraco de minhoca?

    ResponderExcluir
  79. Olá galera, entendi bem o filme, mas só não entendi direito o porque ele quando é jogado de volta no wormhole (DPS do tesseract) ele acaba encontrando ele mesmo na endurance ??? Vlws

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma teoria é que no burco de minhoca ñ existe passado presente ou futuro, o tempo lá ñ é unidirecional. Aliais esse é o enrredo do filme, que tenta mostrar o tempo todo que o tempo ñ eh unidirecional, mas que muitas coisas podem acontecer ao mesmo tempo, sendo passado, futuro e presente ao mesmo tempo. Um exemplo disso é a interação de Cooper e Murphy no quarto, em um só momento, passado e futuro aconteciam simultaneamente... Bem, eh isso q acredito...

      Excluir
  80. No caso da raça humana no futuro que criou o Cubo, a outra astronauta conseguiu sobreviver e por ser cientista poderia até mesmo se auto-fecundar com algum espermatozóide(dos gsmetas que estavam nos receptaculos)e começar a colonização do planeta habitável que ela encontrou no fim do filme.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...